Público assiste a “aula” sobre inovação tecnológica na primeira edição do OZ Valley

  Desenvolvimento Econômico e Inovação, Tecnologia, Turismo e Desenvolvimento Econômico

Texto: Marco Borba
Imagens: Marcelo Deck

O público que participou terça-feira, 31/08, no Teatro Municipal Glória Giglio (Avenida dos Autonomistas, 1.533, Vila Campesina), da 1ª edição do Oz Valley 2022, teve nas explanações de CEOs de diversas empresas uma verdadeira aula sobre como a tecnologia se tornou aliada na busca por soluções do cotidiano e instrumento para alavancar novos negócios.

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, acompanhou o evento juntamente com Luciano Camandoni, secretário de Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Econômico (Setide).

O evento, organizado pela Setide, teve como hostess Ricardo Souza, um dos fundadores da Movile, que acelerava e vendia empresas de tecnologia, entre as quais Play Kids, Ingresso Rápido, Sympla, iFood, entre outras.

Souza comandou dois painéis com especialistas do setor. O primeiro painel, sobre “Tecnologia, Inovação e Transformação Digital”, contou com palestras de Alexandre Mandl (Head of Enterprise Latam da Amazon), Lilio Neto (Head de Inovação da DHL) e Roberto Rubio Potzman (Diretor de Transformação Digital do Grupo Nós).

O segundo, “Startups, Tecnologia e Inovação”, teve Fernando Freitas (Head de Inovação do Bradesco), Filipe Trindade (CEO da Know How Club e jurado do reality show mundial de startup meet the drap) e Igor Cordeiro (Head de Assuntos Corporativos da Facily).

Após a fala dos palestrantes, Camandoni apresentou ao público as ações da administração pública voltadas à criação do Ecossistema de Tecnologia e Inovação da cidade e a capacitação da mão de obra em tecnologia. “São 700 km de fibra ótica, que conectam todos os serviços públicos com banda larga de alta velocidade, tornando Osasco uma das cidades com maior capilaridade por quilômetro quadrado. Para suportar todas as operações, a Prefeitura tem investido em data center, servidor e storage”, explicou.

Para participar da 1ª edição do Oz Valley, as empresas receberam um convite e um link para efetuar as inscrições.

O Oz Valley objetivou a troca de informações, já que as palestras foram comandadas por profissionais que são referências em suas áreas de atuação, e para atrair mais empresas ao Ecossistema de Tecnologia e Inovação de Osasco, cujo Polo Tecnológico será inaugurado em breve, na Vila Yara.

Em entrevista à imprensa, Rogério Lins falou dos planos da Administração, que começaram a ser traçados há cerca de 5 anos para transformar a cidade numa espécie de Vale do Silício do setor tecnológico, com o intuito de atrair empresas do ramo da tecnologia interessadas em desenvolver seus negócios no município.

“Começou numa ação tributária, com a redução do ISS de 5% para 2%, combinada com investimentos em tecnologia, que trouxeram bons resultados. Hoje, 25% das empresas unicórnios do Brasil estão concentradas em Osasco, e isso gerou empregabilidade. Fez com que a cidade crescesse e agora estamos montando um ecossistema completo, com a criação de um polo de formação, para que possamos produzir mão de obra qualificada para esse setor. Para isso, procuramos trazer o setor de formação para junto do Poder Público e a iniciativa privada, para criar esse polo, que em breve estará funcionando e produzindo o que tem de melhor para o Brasil e para o mundo”, disse o prefeito.

Ainda de acordo com o prefeito, a formação profissional e a vinda de novas empresas de tecnologia contribuem para o aquecimento da economia da cidade. “Quando você qualifica mão de obra, gera emprego, protege as famílias, e movimenta o comércio local. Quando você traz grandes empresas, vêm pessoas de outras cidades trabalhar aqui e isso também ajuda na economia, porque usam a rede gastronômica da cidade, fazem compras nos centros comerciais e usam, por exemplo, o transporte público. Algumas, inclusive, às vezes, optam em vir morar aqui”.

Para Rogério Lins, aliada a outros fatores, a localização geográfica de Osasco (servida pelas principais rodovias do Estado: Castello Branco, Anhanguera, Raposo Tavares e Rodoanel Mário Covas) também contribuiu para que algumas empresas viessem para o município. “Além da redução do ISS, também fizemos investimentos para melhorar a infraestrutura da cidade. Osasco conta hoje com uma excelente rede de fibra ótica, o que também deve ser considerado”.

Últimas postagens
Skip to content