Osasco adere ao Programa Famílias Fortes, do governo federal

  Osasco

Texto: Lucas Pedrosa

Imagens: Fernanda Cazarini

 

Na segunda-feira, 5/12, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, assinou o convênio de adesão ao Programa Famílias Fortes, do governo federal. O ato aconteceu no Paço Municipal e contou com as presenças da secretária nacional da Família, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Angela Gandra, e do deputado federal Enrico Misasi, que destinou emenda para que o programa tivesse início no município, o deputado estadual eleito Rogério Santos e vereadores.

 

O Famílias Fortes é um programa gerenciado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, e visa o bem-estar dos membros da família a partir do fortalecimento de seus vínculos e do desenvolvimento de habilidades parentais e sociais.

 

O método de fortalecimento familiar trabalha com sete encontros semanais para famílias com filhos entre 10 e 14 anos. Em cada um dos encontros, os pais ou responsáveis se reúnem em uma sala e os filhos de 10 a 14 anos em outra. Os pais são ensinados a esclarecer as expectativas com base nas normas de desenvolvimento de crianças e adolescentes, a usar práticas disciplinares apropriadas, a gerenciar emoções fortes em relação aos filhos e a se comunicar de maneira eficaz.

 

Já os filhos aprendem habilidades para interação pessoal e social, como ter metas que deem sentido à vida, seguir regras, reconhecer as dificuldades e qualidades dos pais, lidar com a pressão dos amigos, saber identificar modelos positivos e ajudar os outros.

 

Na etapa seguinte, pais e filhos se reúnem numa mesma sala onde praticam as habilidades que aprenderam, trabalhando a comunicação e resolução de conflitos. Também se envolvem em atividades para aumentar a coesão familiar e o envolvimento positivo dos filhos na família.

 

Em sua fala, Rogério Lins destacou algumas iniciativas que a cidade já tem voltadas à família, entre elas a Creche do Idoso e o Cartão Nosso Futuro, e apontou a importância do Programa Famílias Fortes para o cidadão osasquense. “O programa vai ao encontro do que a gente acredita. Muito mais do que ter um slogan de Cidade da Família, entendo que a gente precisa transformar ideias em políticas públicas que possam alcançar e proteger pessoas”.

 

Angela Gandra parabenizou Osasco por aderir ao programa e explicou de que forma ele deve impactar as pessoas. “A família bem orientada significa prevenção a uma série de coisas. O programa envolve a família com responsabilidade, trabalhando também metas e sonhos. O que mais o ser humano quer é ser amado, respeitado e educado. E nós vamos levar tudo isso ao cidadão osasquense, graças a essa parceria com o governo municipal”.

 

Enrico Misasi disse acreditar que o Estado deve cumprir o papel de orientar as famílias. “Fico feliz por poder impulsionar esse trabalho de formação. Muitas vezes falta justamente para os pais alguém que se aproxime e explique algumas coisas. Que ensine, que fale, que olhe com atenção. O Estado tem o dever de levar essa educação parental e ter um olhar atento para as famílias”.

 

Representando o Poder Legislativo, Rogério Santos, vereador e deputado estadual eleito, agradeceu ao prefeito por permitir que Osasco participe do programa. “As políticas públicas precisam colocar a família como base. Osasco não parou e segue firme com as políticas familiares”.

 

A equipe técnica de educadores e assistentes sociais da Secretaria de Assistência Social já iniciou o treinamento nas unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

 

Também participaram da atividade os vereadores Ribamar Silva (presidente da Câmara), Ana Paula Rossi, Cristiane Celegato, Lúcia da Saúde, Adauto, Carmônio Bastos, Michel Figueiredo, Fábio Chirinhan, Joel Nunes, Julião e Zé Carlos, e os secretários Sérgio Di Nizo (Governo) e José Carlos Vido (Assistência Social).

Últimas postagens
Skip to content