Texto: Lucas Pedrosa

Imagens: Marcelo Deck

 

Na terça-feira, 19/11, aconteceu no Calçadão de Osasco a solenidade em comemoração ao Dia da Bandeira, criado por meio do decreto de lei número 4, no dia em 19 de novembro 1889, quatro dias após a Proclamação da República, promulgada em 15 de novembro do mesmo ano. A bandeira é considerada um dos símbolos nacional inalteráveis pela Constituição, conforme a lei 5.700, de 1º de setembro de 1971.

O evento contou com a presença do Exército Brasileiro, das polícias Civil e Militar, da Guarda Municipal, Defesa Civil, Veteranos, Juco (Juventude Cívica de Osasco), Anjos da Guarda, bem como representantes do setor empresarial e da sociedade civil organizada.

Ao som do hino nacional executado pela banda do Exército, as autoridades realizaram o hasteamento das bandeiras do Brasil, do Estado de São Paulo e da cidade de Osasco. Houve ainda a incineração de bandeiras inservíveis, seguindo o que determina a Constituição Federal.     

O prefeito Rogério Lins prestigiou a cerimônia e chamou atenção para esta data tão importante. “Hoje comemoramos 130 anos do símbolo máximo do nosso país e por isso é um dia especial para todos nós. Que a gente possa entender e dar importância”, destacou.

 As cores oficiais da bandeira brasileira são o verde, amarelo, azul e branco, com a frase "Ordem e Progresso". As cores têm as seguintes representações: o branco a paz, o azul o céu e os rios brasileiros, o amarelo as riquezas do país e o verde as matas. As 27 estrelas representam os estados e o Distrito Federal.

Participaram da solenidade os comandantes do Exército José Paulo (2º Batalhão de Polícia do Exército), Tiago Junqueira (4º Batalhão de Infantaria Leve), e Tagamori (22º Batalhão Logístico Leve); da Polícia Militar, o comandante Marcos Vinicius de Mello; secretários municipais José Virgolino (Segurança) e Waldyr Ribeiro (Obras); o presidente da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente), Roberto Nergsian, entre outros.