Texto: Talita Castro
Foto: Sergio Gobatti

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI), realizou na quinta-feira, 7/3, em cerimônia na Paróquia Santa Maria Mãe de Deus, no Jardim Santa Maria, de entrega de certificado aos mais de 60 alunos que concluíram o curso de Informática Básica, do Centro de Inclusão Digital Itinerante (CID). O prefeito Rogério Lins e a secretária de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão prestigiaram o evento, que integra as comemorações pelos 57 anos de emancipação político-administrativa da cidade.

O curso integra o programa de capacitação e formação de mão de obra, promovido pela SDTI, através do setor de Qualificação Profissional do Programa de Emprego, Trabalho e Renda (Osasco Inclui). O curso tem como objetivo qualificar e capacitar o cidadão na área de tecnologia da informação, além de disponibilizar acesso à internet, que é uma ferramenta imprescindível para as pessoas atualmente.

Além das unidades fixas, o CID Móvel está adaptado em uma carreta, que fica estacionada durante dois meses no bairro e oferece cursos em dois horários: manhã e tarde, gratuitamente. O curso de 2 horas acontece de segunda a quarta-feira, perfazendo um total de 40 horas.

Edileusa, 61 anos, aprovou a iniciativa. “Só tenho a agradecer o instrutor por tudo o que me ensinou. Levarei para a vida”, falou, toda feliz.

A secretária Elsa Oliveira disse que ninguém faz nada sozinho. “Tenho de agradecer aos parceiros e também ao governo pela formação de mais uma turma. Temos 11 CIDs fixos, que não conseguem atender a demanda. Esse é o primeiro passo para a entrada do Portal do Trabalhador, porque hoje é difícil conseguir nova colocação no mercado sem que o cidadão tenha qualificação”, disse.

O prefeito aproveitou a oportunidade para anunciar os investimentos em várias áreas. “Quero agradecer pela acolhida das pessoas e anunciar que entregaremos creches que vão contemplar os bairros do 1º de Maio e Belmont. A creche da Vitor Civita beneficiará vocês pais, que precisam de um lugar seguro para deixar os filhos, enquanto saem para o trabalho. Como o bairro fica próximo da divisa, intensificaremos a segurança e ampliaremos a colocação de câmeras de monitoramento”, disse.