Texto: Talita Castro

Imagem: Marcelo Deck

 

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, participou na quinta-feira, 22/8, do lançamento do programa Parcerias Municipais de São Paulo, no Palácio dos Bandeirantes. A cerimônia reuniu prefeitos e representantes de cerca de 450 das 645 cidades. O projeto foi apresentado pelo governador João Doria e contou com as presenças do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, do vice-governador, Rodrigo Garcia e secretários estaduais.

O programa prevê a oferta de bonificações financeiras às cidades que melhorarem indicadores locais, com prioridades para as áreas de Saúde, Educação e Segurança Pública, por meio de políticas públicas eficazes e inovadoras.

Osasco foi um dos primeiros a se cadastrar de forma digital, pelo site www.adesao.sp.gov.br. Os prefeitos puderam se inscrever durante a cerimônia.

Doria disse que foi eleito governador municipalista e descentralizador e sua responsabilidade é igual para com as 645 prefeituras de São Paulo. “Para o nosso governo, todos os municípios têm tratamento igual, não há nenhuma discriminação. É um governo global, mas que age localmente e respeita todos os prefeitos e prefeitas”.

Ele também falou sobre as ações do governo e as melhorias do mercado financeiro que gerou mais de 221 mil empregos em São Paulo.

Osasco figura neste destaque. Nos primeiros três meses de 2019, 579 pessoas foram inseridas ou reinseridas no mercado de trabalho graça às políticas públicas voltadas à capacitação de mão de obra e/ou captação de vagas, desenvolvidas pela Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI), por meio das unidades do Portal do Trabalhador. São 90 pessoas a mais do que as 489 que conseguiram emprego no mesmo período de 2018, através do mesmo sistema.

A Rede Globo destacou o desempenho positivo de Osasco na geração de empregos e atração de novas empresas na série “Trampo” que foi ao ar em 22/4/2019.

A reportagem, baseada na pesquisa da Fundação Seade, indicou que a sub-região Oeste registrou a menor taxa de desemprego da Grande São Paulo em 2018, com apenas 15% de desempregados. O motivo foi a chegada de novas empresas de tecnologia a Osasco e região.

Outro ponto favorável foi a política implementada pelo prefeito Rogério Lins que reduziu o ISS (Imposto Sobre Serviço) para empresas de tecnologia, atraindo gigantes como a Ifood. Osasco também é sede do Mercado Livre e outras empresas líderes em seus segmentos.

O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, expôs aos prefeitos os objetivos e desafios estratégicos da iniciativa, além de apresentar esquemas de pactuação de resultados, uso de inteligência de dados, plataforma web e adesão on-line dos municípios ao projeto.

Programa Parcerias Municipais

Elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional, com apoio das pastas da Educação, Saúde e Segurança Pública, o programa visa a colaboração entre Estado e prefeituras para otimizar as políticas públicas de cada cidade, respeitando as características de cada localidade e reduzindo desigualdades regionais.

Até o final deste ano, cada prefeitura que aderir ao programa deverá apresentar uma lista de iniciativas e cronograma de metas para discussão conjunta com as secretarias estaduais. A primeira avaliação dos planos de metas enviados ao Estado está prevista para abril de 2020.

Na primeira etapa do programa, o governo vai propor sete desafios para os 645 municípios para as áreas de Educação (3), Saúde (2) e Segurança Pública (2). As linhas gerais e objetivos do projeto estão disponíveis no site www.parceriasmunicipais.sp.gov.br.