Texto: Marco Borba
Imagens: Ítalo Cardoso

 

Dezenas de famílias compareceram quarta-feira, 16/10, no salão da Igreja Nossa Senhora Aparecida, à reunião comandada pelo prefeito de Osasco, Rogério Lins, para falar sobre o Mutirão “Amor por Osasco” que acontece no Jaguaribe e leva a todas as regiões da cidade serviços como poda de árvore, remoção de entulho e veículos abandonados, sinalização viária e limpeza de bueiros, entre outros.

Nos encontros, além de falar sobre o mutirão, Lins também tem informado sobre os investimentos em diversos setores da administração, como a construção de 12 novas creches (quatro já entregues), que vão gerar 4 mil novas vagas, reforma de algumas unidades escolares, das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), sendo que uma delas, no próprio bairro, está sendo reconstruída em parceria com a iniciativa privada.

“Inicialmente íamos reformar, mas decidimos reconstruir a UBS do Jaguaribe porque o prédio estava muito deteriorado. Agora os moradores contarão com uma unidade moderna”, disse o prefeito.

O chefe do Executivo também informou sobre a retomada, no início desta semana,  do programa Asfalto Novo. “Serão recapeadas cerca de 500 ruas em toda a cidade, algumas delas com mais de 30 anos sem manutenção. Vai trazer nova dinâmica em termos de mobilidade urbana para a cidade”, avalia.

Comentou também comentou a respeito da nota 6.1 do Ideb tirada pelo município no ano passado. “Pela primeira vez em sua história o município alcança esse índice, o que nos leva a crer que estamos no caminho certo, pois estamos investindo na qualidade de ensino de nossas crianças. Estamos implantando o ensino do espanhol em algumas unidades e também as lousas digitais, o que facilita o trabalho do professor em sala de aula na realização de pesquisas e também no oferecimento de informações atuais aos alunos. O uso da tecnologia é uma forma de garantir o aprendizado de qualidade”.

O prefeito também apontou planos futuros, como a implantação do Bilhete Único Municipal (será possível pegar a segunda condução gratuitamente), em dezembro, e a construção do Hospital Infantil, no Jardim Piratininga (altura do número 800 da Avenida Getúlio Vargas, próximo à Policlínica da zona Norte).