Face às informações de que alguns postos de gasolina do município adotaram preços abusivos em função do desabastecimento de combustíveis, a Fundação Procon de Osasco, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo, informa:

A “Prática Abusiva” é prevista no Código de Proteção e Defesa do Consumidor (Seção IV, das Práticas Abusivas, art. 39 Inciso X) que trata da elevação de preços de produtos e serviços sem justa causa.

A fim de combater essa prática, o Procon disponibiliza o site www.procon.sp.gov.br para que o consumidor possa realizar suas denúnicias.

É fundamental que o consumidor anexe à denúncia imagem do cupom fiscal ou, na falta dele, o máximo de informações sobre o estabelecimento nome/bandeira, endereço, data de compra e preços praticados– se possível com fotos.

A partir desses dados será aberto procedimento para a apuração, comprovação e possível punição dos infratores.

Secretaria de Comunicação
Av. Bussocaba, nº 300 - Centro – CEP: 06023-901 - Osasco/SP