Texto: Marco Borba
Imagens: Jean Bueno

 

A espera acabou. A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, regularizou 144 lotes da área denominada “loteamento Santa Maria”, no bairro de mesmo nome. Os títulos de propriedade foram entregues quinta-feira, 13/12, em solenidade realizada na Emeief Messias Gonçalves da Silva. O prefeito Rogério Lins e o secretário da Pasta, Aguinaldo Lopes Quintana Neto, participaram da cerimônia, que reuniu dezenas de famílias.

“Pode parecer que a entrega de um documento é apenas um ato , mas para quem há anos espera pela regularização sabe o significado desse momento”, disse Lins.

Segundo o secretário de Habitação, nos primeiros meses do próximo ano deverão ser entregues outros cerca de 1.500 títulos de regularização em diversos bairros da cidade.

Para a enfermeira Raimundinha de Miranda Rabelo, 49 anos, a regularização acaba com as incertezas. “É um alivio, porque pagamos o IPTU há anos e não tínhamos nenhuma garantia. Agora a gente tem a segurança de que está tudo legal”, disse. Ela comprou o lote há 22 anos.

O pedreiro Cláudio Garcia Dias, 63 anos, também demonstrou alívio e alegria ao receber o título das mãos do chefe do Executivo. “Veio tanta gente aqui e prometeu regularizar e nada fez. A gente ficava apreensivo. O atual governo resolveu e isso dá mais segurança para a nossa família.” Ele é o segundo comprador do terreno e aguardava a regularização há 27 anos.

A luta dos moradores pela regularização vem desde o início dos anos 1980. É que a empresa de empreendimentos imobiliários que fez o loteamento, aprovado pela prefeitura em 1980, deixou de concluir a execução de infraestrutura e outras exigências legais, o que tornou o lotea mento irregular.