Texto: Marco Borba

Imagens: Ítalo Cardoso

 

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, recebeu em seu gabinete na segunda-feira, 12/8, as visitas do cônsul geral da Índia em São Paulo, Amit Kumar Mishra, e da diretora do Centro Cultural do Consulado Indiano, Puja Kaushik. Foi o primeiro encontro do cônsul com um prefeito desde que assumiu o posto na capital paulista, em junho deste ano. O secretário de Cultura do município, Éder Alberto Ramos Máximo, e demais representantes da Pasta também participaram da reunião.

Durante a visita, além dos aspectos culturais e comerciais de interesse mútuos, foi discutida a possibilidade de Osasco se tornar cidade-irmã de alguma cidade indiana futuramente. Caso a ideia prospere, o município será o primeiro no Brasil a celebrar tal feito com alguma cidade indiana.

“Será uma honra ter alguma cidade indiana como cidade-irmã de Osasco e como parceira cultural e comercial, pois Osasco tem grande capacidade de logística por estar próxima das principais rodovias do Estado”, disse Rogério Lins.

O prefeito também demonstrou interesse em conhecer e se reuir com empresários indianos que já mantêm negócios no País ou que tenham interesse em se estabelecer na cidade.

Amit Kumar agradeceu ao convite de visita ao prefeito e se dispôs a atuar para que Osasco possa estreitar laços de amizade e comerciais com a Índia.

Ao final do encontro houve troca de presentes. O cônsul entregou ao prefeito o livro “Índia, o espírito empresarial” e recebeu um kit com produtos recicláveis.   

Amit Kumar e Puja Kaushik vieram a Osasco participar da abertura da Mostra de Cinema da Índia, que acontece nos dias 12, 14, 15, 16 e 17 de agosto na Unifesp (Avenida Sport Club Corinthians, Jardim das Flores), com sessões gratuitas às 15h e 19h.

Diplomata de carreira, com pós-graduação em botânica e especialização em biotecnologia, Amit Kumar foi cônsul em Perth (Austrália) antes de assumir o consulado em São Paulo. Ele ingressou no serviço exterior na Índia em 2004 e serviu em missões diplomáticas no Egito, Arábia Saudita, Afeganistão e Austrália.