Texto: Talita Castro

Imagem: Sergio Gobatti

Na quinta-feira, 17/1, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, e o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, acompanhados pelo diretor do Fórum, juiz Samuel Karasin, o desembargador Eduardo Cortez de Freitas Gouvêa, e o chefe de Gabinete de Osasco, José Carlos Vido, visitaram as obras do novo Fórum de Osasco.

Paralisada desde 2015, as obras do Fórum serão retomadas pela Prefeitura de Osasco, que já deu início ao processo para contratação de nova empresa. O edifício de 13 andares está 58% pronto.

A obra foi paralisada porque a empresa que a executava alegou defasagem nos valores e pedia realinhamento 25% acima do permitido, o que não ocorreu porque o Estado alegava falta de recursos. No primeiro momento, a obra seria feita em parceria. O governo do Estado arcaria com 80% do montante. A prefeitura doou o terreno e ficaria responsável por 20% de contrapartida. Em 2017, a responsabilidade pela construção foi repassada a Secretaria Estadual da Justiça, mas o processo não avançou. O imbróglio termina com a prefeitura assumindo a construção.

“Estamos empenhados em retomar essa obra. A maioria dos vereadores está aqui, porque também apoia a iniciativa. Já encaminhei pedido à Câmara que, após o recesso, deverá votar a liberação de R$ 30 milhões destinados ao término dessa obra, que é muito importante não só para os funcionários do Judiciário quanto a população da nossa cidade”, anunciou o prefeito, Rogério Lins. 

VISITA

O presidente do Tribunal de Justiça, acompanhado pelo prefeito, fez questão de visitar todas as salas do Fórum para cumprimentar os funcionários antes de visitar as obras. Em sua visita, o desembargador contou que passou por Osasco entre 1972 e 1973 como juiz, seguindo depois para Rio Preto e São Paulo.

“Leciono aqui na USP, ao lado de Osasco, e nunca tenho tempo de visitar a cidade por conta dos compromissos. Confesso que fiquei surpreso com a evolução e o desenvolvimento de Osasco. A cidade está fantástica. Parabéns a administração pública pelos avanços”, disse o presidente do TJ.

O presidente do TJ reuniu-se com os juízes de Osasco, parabenizou-os pelo esforço no dia a dia e pediu para que apoiam a iniciativa do prefeito em concluir a obra. Lins agradeceu e antecipou o convite: “mesmo que o senhor não esteja mais no cargo, já fica o convite para a cerimônia de entrega do novo Fórum. Não medirei esforços para concluir essa obra, que é tão importante para Osasco, seus munícipes e servidores do Fórum”, disse.