Texto: Felipe Barbosa

 

A cidade de Osasco destacou-se no mês de junho em relação ao baixo número de mortes no trânsito. Os dados são do Levantamento de Óbitos Decorrentes de Acidentes de Trânsito, do Infosiga-SP, divulgado na quinta-feira, 19/7, através do Painel de Resultados do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito.

O Infosiga-SP traçou um número máximo de óbitos no trânsito dentre os municípios participantes, considerando as rodovias que cortam as cidades, as vias municipais e rodovias sem jurisdição disponível. Osasco obteve os seguintes números:

Ano

2018

Mês

Junho

 

Meta

Número Final

Vias Municipais

2

2

Rodovias

0

0

Sem Jurisdição Disponível

1

0

Total

3

2

Vale ressaltar que o município de Osasco realizou a campanha “Maio Amarelo”, para conscientizar motoristas, pedestres, motociclistas e ciclistas sobre a segurança no trânsito e a importância de respeitarem as leis de trânsito. A campanha contou com atividades educativas e faixas espalhadas pela cidade. No mesmo mês, a prefeitura, por meio da Secretaria de Transportes e da Mobilidade Urbana (SETRAN), deu início a instalação de radares, que visam também a educação no trânsito e fiscalizam eletronicamente avanço de farol vermelho, excesso de velocidade e parada sobre a faixa de pedestres.

O secretário de Transportes e da Mobilidade Urbana, Osvaldo Vergínio, falou sobre a importância dos radares para a prevenção de acidentes. “Tivemos, em Osasco, 226 mortes em decorrência de acidentes de trânsito entre 2016 e 2017. Muitos dos casos envolviam avanço de sinal vermelho e excesso de velocidade. Por isso, é importante a volta da fiscalização. O objetivo é preservar vidas”, destacou.