Texto: Talita Castro
Imagem: Sérgio Gobatti

 

Na terça-feira, 23/10, a Prefeitura de Osasco, por meio da Coordenadoria de Políticas para as Mulheres, Pessoas com Deficiência, Promoção da Igualdade Racial e Diversidade Sexual e com o apoio das secretarias de Saúde e de Governo, promoveu a palestra pró saúde da população negra, no Centro de Formação de Professores.

 

O evento, uma comemoração do Novembro Negro, ocorreu antecipadamente por conta do Dia Nacional de Mobilização Pró Saúde da População Negra e do Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Doença Falciforme, comemorados em 27/10. As datas são um estímulo à sensibilização de profissionais de saúde para as demandas específicas da população negra e trazem reflexões sobre o racismo institucional e suas consequências à saúde da população preta e parda.

 

O secretário de saúde, José Carlos Vido, disse que é a primeira vez que Osasco aborda esse tema. “O tema é muito importante e precisamos abordá-lo da melhor maneira possível. Obrigada aos gestores e agentes de saúde que se propuseram a vir aprender sobre esse tema”.

 

A coordenadora de Políticas para as Mulheres, Pessoas com Deficiência, Promoção da Igualdade Racial e Diversidade Sexual, Simone de Carvalho, agradeceu os apoios e disse que o evento será o primeiro de outros que abordarão temas importantes.

 

Durante a palestra, Luís Eduardo Batista abordou as doenças que afligem a raça negra e a importância de as cidades adotarem políticas públicas de saúde voltadas para os negros. Ele também falou sobre a anemia falciforme, uma doença genética predominante entre negros, doenças cardiovasculares e hipertensão arterial.

 

 

Participaram do evento, o secretário adjunto do Governo, Jorge Poio; a médica responsável pelo Comitê de Vigilância do Óbito Materno, Fetal e Infantil e representante da Secretaria de Saúde no Compir (Conselho Municipal da Promoção da Igualdade Racial), Mônica Aurélia Bonfim Mwamakamba; a doutora e diretora do Departamento de Atenção Básica, Simone Monteaberto; a chefe de divisão de Divisão de Políticas para Promoção de Igualdade Racial e vice-presidente do Compir (Conselho Municipal e Promoção de Igualdade Racial), Alexandra Pontieri, entre outros.