A Rede Globo destacou o desempenho positivo de Osasco na geração de empregos e atração de novas empresas na série “Trampo”, que traça um perfil do emprego e desemprego do Estado de São Paulo.

A reportagem, baseada na pesquisa da Fundação Seade indicou que a sub-região Oeste registrou a menor taxa de desemprego da Grande São Paulo em 2018, com apenas 15% de desempregados. O motivo são as empresas de tecnologia que se instalaram no local.

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, publicou em suas redes sociais um vídeo, no qual explica a redução do ISS para empresas de tecnologia, o que atraiu a gigante Ifood à cidade. Osasco também é sede do Mercado Livre e outras empresas líderes em seus segmentos.

Composta pelas cidades de Barueri, Osasco, Itapevi, Jandira, Santana de Parnaíba, Carapicuíba e Pirapora do Bom Jesus, a região sub-oeste abriga cerca de 25% das empresas de tecnologia do país, de acordo com uma pesquisa feita pelo consórcio de prefeituras da região.

Em 2018, de acordo com a Fundação Seade, a região metropolitana de São Paulo registrou uma taxa de desemprego 16,6%. No município de São Paulo o índice é de 15,8%. Na sub-região Sudeste (ABC) a taxa foi de 17,3%, índice bem próximo da sub-região Sudoeste que registrou 17,4%. Nas sub-regiões Norte e Leste os números já foram mais altos, 20,9% e 19,2%, respectivamente.

As principais empresas e a maioria dos empregos concentram-se nas cidades de Osasco, Barueri e Itapevi. As duas primeiras se transformaram em grandes pólos tecnológicos, enquanto que em Itapevi prevalece a indústria, principalmente, farmacêutica.

Uma das empresas que está com vagas abertas em Osasco é a empresa brasileira Ifood atuante no ramo de entrega de comidas. As vagas disponíveis são nas mais diversas áreas, entre elas. Para concorrer a vagas é necessário entrar no site do Ifood e se candidatar.

A matéria completa pode ser vista no link: http://bit.ly/Osasco-G1

 

POLÍTICAS PÚBLICAS

Em Osasco, só nos três primeiros meses de 2019, 579 pessoas foram inseridas ou reinseridas no mercado de trabalho por causa de políticas públicas voltadas à capacitação de mão de obra e/ou captação de vagas, desenvolvidas pela Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI), por meio do Portal do Trabalhador. São 90 pessoas a mais do que as 489 que conseguiram emprego no mesmo período de 2018, através do mesmo sistema.

Além da oferta de vagas, os técnicos do Portal analisam os perfis pedidos pelo empregador e montam grades de cursos que capacitam profissionais com a demanda mais apresentada. É o caso do curso de vitrinismo, por exemplo, oferecido em parceria com o Senac. “Atentos ao fato de Osasco ser uma cidade com comércio vibrante há muita oferta de vagas para pessoas experientes em montar vitrines que atraiam o consumidor. Então o curso de vitrinismo é ideal”, pondera a secretária de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão, Elsa Oliveira.

Ela também chama a atenção para o POT, programa social desenvolvido pela SDTI que já beneficiou mais de mil pessoas em situação de vulnerabilidade social, com a oportunidade de prestar serviço quatro dias por semana e fazer cursos de capacitação em um dia. Ao final de um período, essas pessoas saem com especialização em alguma área e são encaminhadas, pelo próprio Portal do Trabalhador, quando possível, ao mercado formal de trabalho.

O programa é voltado exclusivamente às pessoas mais vulneráveis, e é transformador. Temos muitos casos de pessoas em situação de rua, por exemplo, que por causa dessa oportunidade já conseguiram alugar um local digno para morar, e isso significa o recomeço para muitos deles”, explica.

Vale lembrar que os números citados referem-se somente à colocação feita pelo Portal do Trabalhador. O número de contratados no município é maior, tendo em vista que as empresas fazem a contratação direta também. Para se ter ideia, só em janeiro de 2019, 4.655 pessoas assinaram carteira em Osasco.

 SERVIÇO

PORTAIS DO TRABALHADOR

. Portal do Trabalhador - Centro - Rua Fiorino Beltramo, 350,

. Portal do Trabalhador - Jardim Santo Antônio - Avenida João de Andrade, 1.778, e

. Portal do Trabalhador - Centro Cultural e Esportivo do Jardim Bonança - Rua Dr. Miguel Campos, s/nº.

Funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 17h