Texto: Marco Borba e Felipe Barbosa
Imagem: Ivan Cruz

 

O Espaço Mãos do Futuro virou referência em serviço público gratuito para quem busca formação e está atrás do primeiro emprego e também para os que já têm ocupação, mas que querem adquirir novos conhecimentos e assim garantir uma renda extra. O curso de barbearia e corte masculino, um dos cinco oferecidos, figura entre os mais concorridos. O serviço é comandado pelo Fundo Social de Solidariedade em parceria com o governo do Estado.

Engana-se quem pensa que barbearia é território exclusivo de homens. Seja no corte estilo lenhador ou tradicional, lá estão as mulheres com suas máquinas e tesouras.

Juliana Chakrian, 33 anos, moradora da Vila Menck, é aluna da primeira turma que se formou mês passado e está disposta a disputar esse “filão” do mercado.  “Há pouco tempo abri uma barbearia no bairro com meu marido. Ele que está tocando, mas vim aprender para ajudá-lo”.

A aluna se diz surpresa com a qualidade do curso. “A teoria e a prática são muito boas. Aprendi que postura, manuseio de equipamentos e qualidade no atendimento são um diferencial para se ter uma barbearia”.

Uebis Oliveira da Cruz, 32 anos, vê no curso a oportunidade de ganho extra para driblar o desemprego. "Trabalhava em escritório de contabilidade e fiquei desempregado. Soube do curso e vim fazer. Embora essa área esteja meio saturada, por conta da quantidade de salões, creio que ainda tem bastante giro. Dá para ter um ganho extra até surgir nova proposta de emprego".

Os alunos fazem as aulas práticas com a ajuda de voluntários, que servem de “modelos” para os cortes de barba e cabelo. Para reforçar o aprendizado, eles são levados para aulas práticas de corte em comunidades do município, sempre sob supervisão dos professores.

O professor Solano das Neves quer reforçar a parte prática nas próximas turmas. “Temos projeto para colocar mais aulas práticas externas, porque nem sempre temos voluntários. A aula prática é muito importante na formação. Também indiquei videoaulas. Há muitas dicas na internet, com técnicas e formas de cortes”. 

 

Voluntários

Quem quiser colaborar com a formação dos alunos e cortar cabelo e barba gratuitamente pode comparecer ao prédio do Espaço Mãos do Futuro às segundas, terças e quintas, das 8h às 11h. Não precisa agendamento.

Inaugurado em fevereiro, o Espaço oferece outros quatro cursos: padaria artesanal, assistente de cabeleireiro, maquiagem e manicure/pedicure.

As duas primeiras turmas do curso de padaria artesanal se formaram mês passado. Os outros cursos estão em andamento. Inscrições para novas turmas serão abertas na primeira semana de julho.

Todos os cursos são gratuitos e aplicados por professores voluntários. Para se inscrever é preciso comparecer ao Fundo Social de Solidariedade com original e cópia do RG, CPF e comprovante de endereço no período de inscrições.

 

Dias e horários dos cursos:

Barbearia e corte masculino: segundas, terças e quintas, das 8h às 11h.  Duração: dois meses.
Maquiagem: segundas, quartas e sextas, das 8h30 às 12h. Duração: dois meses.
Manicure/pedicure: segundas, terças e quartas, das 9h às 11h30 e das 14h30 às 16h30. Duração: dois meses.
Assistente de cabeleireiro: segundas, quartas e sextas, das 14h às 17h. Duração: dois meses.
Padaria Artesanal: terças, quartas, quintas e sextas. Turmas manhã e tarde, com cinco alunos cada. O curso dura quatro dias, com duas horas de aula.
Serviço – Inscrições devem ser feitas no Fundo Social de Solidariedade (Avenida Bussocaba, 140, Vila Campesina). A sede do Mãos do Futuro fica na Rua Deputado Emílio Carlos, s/nº, ao lado do Restaurante do Servidor, na Vila Campesina. Outras informações pelo telefone 3652-9400.

 

 

Secretaria de Comunicação Social
Av. Bussocaba, 300 - CentroCEP: 06023-901 - Osasco/SP