Arborização e Paisagismo 

O programa de arborização de Osasco conta com subprojetos que permitem intensificar as atividades de plantio e assim, aumentar as áreas verdes desde município. Como exemplo o projeto "Osasco que te quero Verde" é uma jornada permanente em defesa da qualidade de vida e saúde dos osasquenses. De abril de 2005 até dezembro de 2012, foram plantadas 49 mil árvores ornamentais, frutíferas e exóticas, em escolas, vias públicas, parques, com a participação da comunidade. A sistematização e o manejo do programa de arborização seguem padrões técnicos apropriados e substitui árvores debilitadas ou inadequadas.  

Para atingir a meta do programa, a Secretaria organizou mutirões de plantio e desenvolveu as seguintes ações: 
- Mutirões de distribuição de mudas nos bairros para plantio nas residências, onde os munícipes são orientados sobre a maneira correta de conduzir a planta, do preparo da cova à colocação do gradil de proteção, além, naturalmente, do ato de plantio propriamente dito.

- Doação de árvores no Viveiro de mudas do Parque Chico Mendes, com entrega de espécies frutíferas para aqueles que se interessam em contribuir com a preservação do meio ambiente e ainda ter em sua casa uma árvore como acerola, pitanga, araçá, entre outras.

- Atividades de arborização com a participação de estudantes da rede pública e privada e representantes da sociedade civil. Com a participação intensa de crianças, jovens e adultos, as atividades permitem desenvolver a responsabilidade ambiental de cada cidadão, que passa a ser um agente multiplicador ambiental contribuindo com a fiscalização e monitoramento das mudas plantadas. 

                                                                                Osasco Mais Bonita

Implantado em 2009, o programa Osasco Mais Bonita conta com o apoio de empresas e instituições na manutenção de praças e avenidas através da criação de floreiras e colocação de vasos com flores variadas, incentivando o paisagismo, com o objetivo de colorir e embelezar Osasco. 

O programa ganha força através de palestras de educação ambiental ministradas pelos profissionais da Sema, que abordam a importância da preservação do meio ambiente e conservação do trabalho paisagístico implantado no município. 

                                                                    Viveiro de produção de mudas
Há também o trabalho de produção de mudas e flores realizado no Viveiro de Flores do Parque Chico Mendes, que recebe crianças, jovens e adultos com interesse de conhecer as diferentes espécies de plantas e flores existentes e ainda, as formas de contribuir para o desenvolvimento das espécies. 
Com 500m², o viveiro detém uma capacidade de produção de até 50 mil mudas/mês de flores e plantas arbustivas. No espaço, técnicos e funcionários realizam ações com alunos do curso de produção de flores e jardinagem. Posteriormente, as mudas produzidas, são plantadas em praças, parques, floreiras e jardins de órgãos públicos.

                                                                               Biodiesel Osasco

Com o objetivo de contribuir com a despoluição dos recursos naturais e melhorar a qualidade do ar através da diminuição da emissão de poluentes atmosféricos advindos do uso do diesel, o programa Biodiesel Osasco, implantado desde 2008, já alcançou a marca de 200 mil litros de óleo de cozinha usado coletado e que foi transformado em bicombustível.

Atualmente o projeto conta com uma equipe de educação ambiental que trabalham com a conscientização da população através de palestras, mutirões de coleta, mostra de filmes e gincanas. Há também a equipe operacional que realiza as coletas diariamente. São 770 pontos de coleta espalhados por todo o município, incluindo restaurantes, escolas, igrejas, parques, residências, etc. Além de colaborar com o meio ambiente, os pontos de coleta recebem em troca do óleo usado, materiais de limpeza, óleo vegetal novo, etc.
 
                                                                                       Ecomuseu

Utilizado como um instrumento de educação ambiental, o Ecomuseu foi criado desde 2010 e tem como objetivo resgatar, valorizar, divulgar a riqueza cultural e biológica e o desenvolvimento tecnológico. O local é aberto a crianças a partir de 7 anos, com prioridade para escolas municipais, estaduais, seguida das particulares. A entrada é gratuita e o espaço funciona das 8h as 17h no Núcleo de Educação Ambiental do Parque Clovis Assaf, localizado à Rua Georgina, n° 64, Jardim das Flores.

Durante todo o ano, são realizadas exposições e exibições de obras audiovisuais, trabalhos de educação ambiental com painéis que explicam o tempo de decomposição de diversos materiais, peças que mostram o desenvolvimento de diversas tecnologias e ainda maquetes que reproduzem o funcionamento de diversos ambientes, desde matas ciliares e parques, até aterro sanitário que aborda a rota dos resíduos.
 
                                                                               Domingo no Parque

Com o intuito de estreitar a relação do homem com o meio ambiente incentivando o uso dos parques públicos e outras áreas através de apresentações culturais, com música, poesia, artesanato, danças, oficinas, etc, o Projeto Domingo no Parque percorre o municipio de Osasco despertando a atenção da população para o meio ambiente e ainda insere a todos nos contextos ambientais e culturais ao mesmo tempo. 

O projeto conta ainda com atividades de ginástica, yoga, exposições de artes plásticas e grafite. Tudo acontece em meio ao som dos pássaros e do colorido de flores e borboletas. 

                                                                                   Rock e Meio

Realizado aos domingos e diversos locais, a proposta da atividade é mesclar natureza, musica e sustentabilidade para que o público possa apreciar a diversidade musical regional e ainda, aproveitar o ar puro das áreas verdes de Osasco.

                                                                           Biodiesel Clean Festival

O evento tem como objetivo despertar a atenção da população para a problemática acerca da reciclagem de resíduos, com destaque para os impactos ambientais negativos gerados pelo descarte incorreto do óleo de cozinha usado. As apresentações musicais aproximam crianças, jovens e adultos, que podem obter informações sobre o projeto biodiesel no stand que fica exposto, além de receber materiais importantes que abordam questões sobre o aquecimento global.

 
                                                                               Diploma Verde

O apoio e participação de empresas, instituições, representantes da sociedade civil e pessoas da comunidade em projetos e atividades que geram comprometimento na preservação e recuperação do meio ambiente é reconhecido anualmente entregue em dezembro pela Secretaria de Meio Ambiente.
 
Para homenagear os parceiros foi criado o Diploma Verde. Recebem o certificado aqueles que de alguma forma contribuíram ao longo do ano com as ações de educação ambiental, conservação de áreas verdes, realização de eventos, publicações e doações de materiais.
 
                                                             Cineclube Socioambiental Chico Mendes

Com a proposta de realizar discussões acerca dos problemas ambientais, o Cineclube Socioambiental Chico Mendes apresenta filmes e documentários que abordam temas como aquecimento global, gerenciamento de resíduos, impactos e degradação do meio ambiente, etc.

De forma itinerante, as sessões são realizadas em escolas, empresas, e outras instituições que pretendem despertar a atenção dos participantes através da apresentação de temas que mostram a realidade de um determinado local. O filme seguido de uma discussão acerca do tema exposto remete a abordagem do tema de forma mais ampla, inserindo o público em um novo espaço para dialogar propostas sociais e ambientais com resultados positivos.

 
                                                                                  Meu ambiente:

Atividades de educação ambiental para a conscientização da comunidade no que tange à importância da preservação do verde, da água, implantação da coleta seletiva de lixo, etc.

- Aulas e debates em escolas, entidades, igrejas, empresas, ONG´s; 
- Eventos referentes às semanas da Água, do Meio Ambiente e da Árvore; 
- Caminhadas ecológicas; 
- Visitas monitoradas ao Parque Chico Mendes; 
- Cursos gratuitos de horticultura e jardinagem no Parque Chico Mendes, aptos a qualificar pessoas para a implantação de hortas comunitárias, hortas escolares, jardins e produção de mudas e adubo orgânico, possibilitando geração de renda.
 
                                                                                     Sala Verde

Até o momento duas unidades foram instaladas (Parque Chico Mendes e Parque do Jardim das Flores). São espaços dotados de biblioteca, videoteca e computador ligado à rede de Internet, que permite aos usuários realizar pesquisas e elaborar trabalho sobre temas ambientais.
 
                                                                  Revitalização de Minas e Nascentes
 
Por meio de um diagnostico iniciado em 2007, o programa ja identificou 105 e revitalizou 31 nascentes até 2012.
O programa viabiliza pequenas intervenções nos locais em que a água, antes desperdiçada, passa a ser aproveitada transformando o local em um ponto de referencia para encontro de pessoas, com a percepção da importância de valorizar os recursos hídricos. 

Esta iniciativa, em grande escala, poderá representar formas alternativas de abastecimento urbano, contribuindo com a melhoria da qualidade da águas de rios e córregos, já que a maioria dos rios esta poluída. 
O programa já foi destaque na 3ª edição do ODM – BRASIL (Objetivos de Desenvolvimento do Milênio) que reconhece ações efetivas para preservação do meio ambiente.

                                                                              Borboletário Municípal

Localizado no Parque Ecológico do Jardim Piratininga, o Borboletário Municipal é aberto ao público em geral e funciona de terça a sábado, das 10h às 16h e aos domingos das 12h às 16h.

O local é destinado à difundir conhecimentos a respeito dos hábitos e ciclo de vida das borboletas, recebeu 31.257 visitas em 2012, dentre as quais 6.742 realizadas por alunos de escolas municipais, estaduais e particulares. A divulgação em programas televisivos registrou períodos de pico na visitação, atingindo uma média de 2.500 visitas mensais.

Além das escolas, o espaço é visitado por instituições, igrejas, associações de crianças carentes, portadores de necessidades especiais e grupos de terceira idade.


Informações pelo telefone 3599-3516 ou pelo email borboletariodeosasco@gmail.com e também por meio do blog http://borboletariodeosasco.blogspot.com.br/ e do site www.osasco.sp.gov.br.