29 de Janeiro | Dia da Visibilidade Trans 

Em 29 de janeiro de 2004, ativistas travestis e transexuais participaram, no Congresso Nacional, do lançamento da primeira campanha contra a transfobia no país. A campanha “Travesti e Respeito” foi a primeira campanha nacional idealizada e pensada por ativistas trans para promoção do respeito e da cidadania. O Dia da Visibilidade Trans tem o objetivo de ressaltar a importância da diversidade e respeito para o Movimento TT, representado pelas travestis, mulheres transexuais e homens trans.

    08 de Março | Dia Internacional da Mulher

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

   21 de Março | Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial

No dia 21 de março de 1960, na cidade de Joanesburgo, capital da África do Sul, 20 mil negros protestavam contra a lei do passe, que os obrigava a portar cartões de identificação, especificando os locais por onde eles podiam circular. No bairro de Shaperville, os manifestantes se depararam com tropas do exército. Mesmo sendo uma manifestação pacífica, o exército atirou sobre a multidão, matando 69 pessoas e ferindo outras 186. Esta ação ficou conhecida como o Massacre de Shaperville. Em memória à tragédia, a ONU – Organização das Nações Unidas – instituiu 21 de março como o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial.

   17 de Maio | Dia Internacional de Combate à Homofobia

O Dia Internacional Contra a Homofobia (em inglês: International Day Against Homophobia) foi escolhido lembrando da exclusão da Homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) da Organização Mundial da Saúde (OMS) em 17 de maio de 1990, oficialmente declarada em 1992. Um pouco por todo o mundo se faz neste dia marchas, beijaços, entre outras atividades a sensibilizar a sociedade em geral.

   28 de Maio | Dia Internacional de Ação pela Saúde das Mulheres

Além de ser o Dia Internacional de Ação pela Saúde das Mulheres, integra a agenda do movimento de mulheres brasileiras como o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna. Uma pauta que a Rede Feminista de Saúde considera de vital importância e que requer intensa mobilização de todos os setores no país na exigência de políticas públicas de saúde efetivas para as mulheres. A data é fruto da mobilização de mais de duas décadas do movimento pela saúde das mulheres e feministas que decidiu ter um dia de ação mundial para tornar visível um fenômeno - a mortalidade materna - considerado banal nas sociedades cuja cultura naturaliza a entrega da vida das mulheres em nome da maternidade.

   28 de Junho | Dia Mundial do Orgulho LGBT

Data celebrada e lembrada mundialmente, que marca um episódio ocorrido em Nova Iorque, em 1969. Naquele dia, as pessoas que frequentavam o bar Stonewall Inn, até hoje um local de frequência de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais reagiram a uma série de batidas policiais que eram realizadas ali com frequência. O levante contra a perseguição da polícia às pessoas LGBT durou mais duas noites e, no ano seguinte, resultou na organização da 1ª Parada do Orgulho LGBT, realizada no dia 1° de julho de 1970, para lembrar o episódio. Hoje, as Paradas da Diversidade acontecem em quase todos os países do mundo e em muitas cidades do Brasil ao longo do ano. Infelizmente, a perseguição, discriminação e as violências contra pessoas por causa de sua orientação sexual ou identidade de gênero – real ou percebida – não acabou.

   25 de Julho | Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha

Desde 1992, a partir do I Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-caribenhas, a data é celebrada como o dia internacional da luta e da resistência da mulher negra contra a opressão de gênero, o racismo e a exploração de classe. Apesar de corresponder a 52% dos brasileiros, a população negra ainda luta para eliminar desigualdades e discriminações. A Lei nº 12.987/2014, foi sancionado pela presidenta Dilma Rousseff, como o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra. Tereza foi uma líder quilombola, viveu durante o século 18. Com a morte do companheiro, se tornou a rainha do quilombo, e, sob sua liderança, a comunidade negra e indígena resistiu à escravidão por duas décadas, sobrevivendo até 1770, quando o quilombo foi destruído pelas forças de Luiz Pinto de Souza Coutinho e a população (79 negros e 30 índios), morta ou aprisionada.

   07 de Agosto | Sanção da Lei Maria da Penha

A Lei Maria da Penha, denominação popular da Lei número 11,340 é um dispositivo legal brasileiro que visa aumentar o rigor das punições sobre crimes. Domésticos, é normalmente aplicada aos homens que agridem fisicamente ou psicologicamente a uma mulher ou à esposa, o que é mais recorrente. Decretada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 7 de agosto de 2006, a lei entrou em vigor no dia 22 de setembro de 2006, e já no dia seguinte o primeiro agressor foi preso, no Rio de Janeiro, após tentar estrangular a ex-esposa.

   09 de Agosto | Dia Internacional dos Povos Indígenas

Esta data celebra a importância da conscientização sobre a inclusão dos povos indígenas nos direitos humanos, sendo que muitas vezes são marginalizados ou excluídos. Outra finalidade é garantir a preservação da cultura tradicional de cada um dos povos indígenas, como fonte primordial de sua identidade. O Dia Internacional dos Povos Indígenas ainda presta homenagem a todas as contribuições culturais e sabedorias milenares que esses povos passaram para as mais diversas civilizações no mundo.

   29 de Agosto | Dia Nacional da Visibilidade Lésbica

Em 29 de agosto de 1996, foi realizado o I Seminário Nacional de Lésbicas (Senale), a partir daí a data ficou reconhecida como O Dia Nacional da Visibilidade Lésbica. A sociedade patriarcal nega às mulheres o status de cidadãs, assim, os direitos à saúde, à uma vida livre da violência, ao casamento, ao prazer, à felicidade tornam-se privilégios dos homens heterossexuais. A lesbofobia: violência, preconceito, hostilidade e negação da mulher lésbica, é uma das faces mais cruel da sociedade machista que viola cotidianamente os direitos das mulheres lésbicas.

   01 de Outubro | Semana Mundial de Aleitamento Materno

Direito a amamentar é assegurado, mas esbarra na desinformação das gestantes. A OMS (Organização Mundial de Saúde) e especialistas recomendam que é importante que o bebê seja amamentado até os seis meses, pois o leite materno possui os nutrientes necessários para que a criança fique menos vulnerável a doenças como diarréia e infecções respiratórias. A importância do aleitamento materno é lembrada durante a Semana Mundial de Aleitamento Materno que acontece no período de 01 a 07 de agosto e o dia 01 de outubro, que ficou marcado como o Dia Nacional de Doação de Leite Materno.

   Outubro Rosa 

É uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Esta campanha acontece com mais intensidade no mês de outubro e tem como símbolo o laço cor de rosa.

   20 de Novembro | Dia Nacional da Consciência Negra

Dia da morte de Zumbi dos Palmares, e reivindica essa figura histórica como símbolo de resistência. Instituída oficialmente pela lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, a data de sua morte, descoberta por historiadores no início da década de 1970, motivou membros do Movimento Negro Unificado contra a Discriminação Racial, em um congresso realizado em 1978, no contexto da Ditadura Militar Brasileira, a elegerem a figura de Zumbi como um símbolo da luta e resistência dos negros escravizados no Brasil, bem como da luta por direitos que seus descendentes reivindicam.

   25 de Novembro | Dia Internacional da Não Violência Contra as Mulheres

Esta data é marcada pelo assassinato brutal das irmãs Minerva, Pátria e Maria Teresa, pela bravura de “Las Mariposas”, como eram conhecidas, uma vez que utilizavam este nome secreto nas atividades clandestinas, na tentativa de busca pela liberdade política do país, em oposição a Rafael Leônidas Trujillo, ditador que governou com mãos de ferro a República Dominicana entre o período de 1930 a 1961, o qual matava todos os seus opositores. O intuito desta data é de estimular que governos e sociedade civil organizada nacionais e internacionais realizem eventos anuais com a necessidade de extinguir a violência que destrói a vida de mulheres considerado um dos grandes desafios da área dos direitos humanos.

   06 de Dezembro | Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres

Marcado pelo massacre de mulheres em Montreal, no Canadá, ocorrido no dia 6 de dezembro de 1989, no qual Marc Lepine invadiu armado uma sala de aula da Escola Politécnica, ordenou que os 48 homens presentes se retirassem e assassinou 14 mulheres à queima roupa. Em seguida, suicidou-se. Em carta deixada por ele, justificava seu ato dizendo que não suportava a idéia de ver mulheres estudando Engenharia, um curso tradicionalmente voltado para os homens. O massacre tornou-se símbolo da injustiça contra as mulheres e inspirou a criação da Campanha do Laço Branco, que escolheu como símbolo e como lema “jamais cometer um ato violento contra as mulheres e não fechar os olhos diante dessa violência”.