Centro de Referência da Mulher Vítima de Violência“Márcia Ribeiro” - CRMVV
Responsável Técnica: Joana D´Arc dos Santos Lara

Endereço: Rua da Saudade, 180 – Jardim Bela Vista
Fone: (11) 2183-6719 ou 2183-6722 – DISQUE DENÚNCIA:0800-7278606


Objetiva oferecer atendimento de cunho psicoassistencial, orientação,encaminhamento e acompanhamento às mulheres no enfrentamento e superação da violência física, sexual, verbal e moral. Promove e fortalece a autonomia da mulher, com vistas em seu protagonismo social. O CRMVV também promove ações preventivas na comunidade através de grupos, palestras, oficinas e rodas de conversa.
Horário de funcionamento:  2ª  à  6ªfeira das 8h00  às 17h00 (salvo plano específico detrabalho).

Centro de Referência da Criança e do Adolescente I 
Responsável: Edimis Cantuário


Serviço de acolhimento provisório, excepcional para crianças e adolescentes, cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção. O serviço de acolhimento destina-se a crianças e adolescentes, do sexo feminino de 0 a 17anos e 11 meses e sexo masculino de 0 a 12 anos. As crianças e adolescentes acolhidos neste equipamento são encaminhadas, necessariamente,pela Vara da Infância e Juventude e pelo Conselho Tutelar – CT.

Centro de Referência da Criança e do Adolescente II
Responsável: José Plácido


Serviço de acolhimento provisório, excepcional para crianças ea dolescentes, cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção. O serviço de acolhimento destina-se a adolescentes, do sexo masculino a partir de 12 anos.As crianças e adolescentes acolhidos neste equipamento são encaminhadas,necessariamente, pela Vara da Infância e Juventude – VIJ e pelo ConselhoTutelar – CT.

Centro de Referência da Criança e do Adolescente III 
Responsável Técnico:  Larissa Gonzáles Crusca  e assistente  de coordenação:  Meliana Regina Emiliano.

 
Serviço de acolhimento provisório, excepcional para crianças e adolescentes, cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção. O serviço de acolhimento destina-se prioritariamente a crianças de até dois anos de idade,de ambos os sexos. As crianças e adolescentes acolhidos neste equipamento são encaminhadas, necessariamente, pela Vara da Infância e Juventude – VIJ e pelo Conselho Tutelar – CT.

Casa Vida Nova 
Responsável: Lindinalva do Monte do Nascimento


Serviço de acolhimento provisório, excepcional para crianças e adolescentes, cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção. Esse serviço caracteriza-se por Casa de Passagem; é intermediário entre avaliação técnica(SAPS,  Vara da Infância e Juventude e  Conselho Tutelar),para as  definições dos encaminhamentos. Destina-se a crianças e adolescentes, do sexo feminino ou  masculino de 06 a 17anos e 11. As crianças e adolescentes acolhidos neste equipamento são encaminhadas, necessariamente, pela Vara da Infância e Juventude – VIJ e pelo Conselho Tutelar – CT.

Albergue I
Responsável técnico:  Edna Coelho e chefia administrativa:  Antonio Otavani
Endereço: Avenida Maria Campos, 75, Centro
Fone: (11) 3654-1996

Objetiva acolher temporariamente,  pessoas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou pessoas em trânsito e sem condições de auto sustento.o atendido é adulto, de ambos os sexos que estejam enfrentando situações citadas acima. A porta de entrada é pelo serviço de abordagem social de rua, procura espontânea, encaminhamentos da rede socioassistencial.

Albergue II
Responsável Técnica: Núbia Maria Santana Lomes Caixias; Chefe administrativo: Antonio Otavani
Endereço: Rua Belo Horizonte, 80 - Rochdale
Fone: (11) 3656-2543

Objetiva acolher pessoas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou pessoas em trânsito e sem condições de auto sustento. O público atendido é adulto, de ambos os sexos que estejam enfrentando situações citadas acima. A característica desse serviço é auto gestão e os encaminhamentos se dão pela avaliação técnica do CREAS POP.

Centro de Referência Especializado de Assistência Social para População em Situação de Rua – CREAS POP.
Endereço: Rua Martin Afonso, 75 – Jardim Piratininga
Fone: (11) 3698-5727
Responsável Técnico: Núbia Maria Santana Lomes Caixias; 
Chefe administrativo:Jaqueline  Correa Barbote.

O Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua oferece atenção especial a pessoas que utilizam as ruas como espaço demoradia e/ou sobrevivência. 
Tem como finalidade assegurar o atendimento e atividades direcionadas para o desenvolvimento de relações sociais e habilidades pessoais, com o intuito defortalecer vínculos interpessoais ou familiares que oportunizem a construção denovos projetos de vida. Oferta atendimento voltado à análise das fragilidades dos usuários, acompanhamento individual e grupal e encaminhamentos a rede socioassistencial e as demais políticas públicas, tendo em vista a inclusão em uma rede de proteção social. 
A atenção ofertada visa contribuir para ações de reinserção familiar ou comunitária e construção de novos projetos de vida de pessoas em situação de rua, pautada na postura de respeito às escolhas individuais de cada sujeito.  Esse CREAS é específico para apopulação em situação de rua e funciona diferente do CREAS convencional.

Horário de funcionamento:  2ª à  6ªfeira das  8h00  às 17h00  (salvo planoespecífico de trabalho).